A Associação Lutar Pelo Futuro, como inicialmente era conhecido, foi idealizado no ano de 2007, pela Vera Lúcia Rocha e pelo Sérgio Augusto Silva, com objetivo de ajudar formar cidadãos e contribuir para a formação de um país melhor, ensinado noções de cidadania, repeito e disciplina, através da prática da arte-marcial.

As primeiras placas de tatame foram compradas com a verba arrecadada por um grupo de amigos que vendeu lanches, bolos e bebidas no Campeonato Paulista de Morganti Ju-Jitsu de 2007.

Com o apoio da ONG Organização Cidadão, que cedeu o espaço para a prática das aulas, as atividades foram iniciadas no início de 2008.